sábado, 16 de fevereiro de 2019

DIA DOS ABRAÇOS

Na semana de 11 a 15 de fevereiro, trabalhamos os afetos nas salas do Jardim de Infância. Conversamos sobre os afetos e a amizade e realizamos alguns trabalhos alusivos ao tema.

A semana terminou com uma saída á comunidade envolvente, distribuindo postais, que simbolizavam um abraço.


Vejam como foi ternurento.







































PROJETO REEI

O Programa REEI – Rede de Escolas para a Educação Intercultural -,  é uma iniciativa conjunta do Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM, I.P.), do Ministério da Educação através da Direção-Geral da Educação (DGE) e da Fundação Aga Khan Portugal (AKF) e tem como objetivo a criação de uma rede de partilha de práticas entre estabelecimentos públicos de educação e ensino e de estabelecimentos de ensino particular e cooperativo,  visando educação intercultural.
Com a REEI pretende-se promover o acolhimento, a integração e o sucesso educativo de todas as crianças e jovens da educação pré-escolar ao ensino secundário, bem como desenvolver o respeito pelas diferenças e o estabelecimento de relações positivas de interação e aproximação entre alunos/as e outros membros da comunidade educativa de diferentes culturas.
Atividades no âmbito deste projeto no nosso Jardim de Infância:

História - "MENINOS DE TODAS AS CORES" - Dramatização e apresentação aos 1ºs e 2º anos















Dança com uma mãe - KUDURU







Conversa com uma AVÓ sobre a sua terra ANGOLA.







domingo, 10 de fevereiro de 2019

Projeto INCLUD-ED

O projeto INCLUD-ED identificou as  Ações Educativas de Sucesso ​ que promovem, para todos, a melhoria dos resultados académicos e a melhoria da coexistência, impulsionando a participação das famílias e da comunidade pela melhoria da coesão social.

No nosso Jardim de Infância estão a ser praticadas as TERTÚLIAS LITERÁRIAS DIALÓGICAS , O CLUBE DOS VALENTES E OS GRUPOS INTERATIVOS.



O funcionamento das Tertúlias Dialógicas baseia-se nos sete princípios da aprendizagem dialógica e desenvolvem-se a partir das melhores criações da humanidade, em diferentes campos: desde a literatura até à arte ou à música. Através das Tertúlias Dialógicas potencia-se uma abordagem direta, sem distinção de idade, género, cultura ou capacidade, à cultura clássica universal e ao conhecimento científico acumulado pela humanidade ao longo do tempo. 


"O REI VAI NU"




"O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE"





Os Grupos Interativos são uma forma de organização da sala de aula, baseada nos pressupostos fornecidos pela comunidade científica internacional e contrasta com a prática atual em sala de aula, de várias escolas e nos diferentes níveis de escolaridade. São uma das formas de concretizar a inclusão na sala de aula e são baseados na aprendizagem dialógica e nos seus sete princípios: diálogo igualitário, inteligência cultural, transformação, dimensão instrumental, criação de sentido, solidariedade e igualdade de diferenças.
A aula tem a duração de uma hora e meia, portanto cada atividade pode durar aproximadamente 20 minutos. O professor recebe os voluntários (pessoas da comunidade escolar) e distribui as quatro atividades, perguntando-lhes quais preferem fazer. Esclarece as dúvidas, no caso de terem perguntas. Cada voluntário assume a responsabilidade por uma atividade, inicia a aula e fica, cada um, com um grupo diferente. Apresentam a atividade às crianças, ajudam-nas, dinamizam e potenciam a interação; passados 20 minutos, o professor pede que mudem de atividade, o voluntário muda de grupo, ou as crianças de sítio, e reinicia-se o processo. 



EDUCAÇÃO FÍSICA













MATEMÁTICA













SEMANA DOS AFETOS















OS VOLUNTÁRIOS